Home

IMG_Combate a infeccao hospitalar

O dia nacional de combate à infecção hospitalar – 15 de maio – foi instituído pelo Ministério da Saúde para destacar ações que possam ajudar a reduzir a incidência do problema. Segundo estudos realizados pela Associação Nacional de Biossegurança – Anbio – o índice de infecção hospitalar no país gira em torno de 14% a 19%.

Ontem, funcionários do Hospital da Restauração lembraram a data fazendo campanha de conscientização com pacientes, acompanhantes e visitantes. No hall de entrada do HR foram fixados vários cartazes e fotos ilustrando como todas as pessoas que circulam pelo hospital podem ajudar no combate e controle da infecção hospitalar.

Segundo a diretora da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar – CCIH – do HR, Gildete Loureiro a data faz parte do calendário interno do hospital, e como nos anos anteriores a campanha segue durante o dia inteiro, mas os cuidados devem durar por todo ano. “Uma data especial como essa o HR não poderia ficar de fora. Como fazemos no dia a dia, temos que conscientizar os acompanhantes e visitantes que a infecção existe, mas pode ser controlada,” ensina Gildete.

Cuidados

Uma das principais preocupações dos pacientes quando precisam de internamento é o risco de infecção hospitalar. A esterilização adequada é uma das principais maneiras para evitar a infecção, mas nem sempre elas ocorrem por conta disso: pacientes, visitantes e acompanhantes também podem ajudar no combate a infecção hospitalar.

A CCIH – Comissão de Controle de Infecção Hospitalar – vem trabalhando diariamente no controle e combate às bactérias. O paciente contaminado é automaticamente encaminhado para o isolamento, seja na UTI ou na enfermaria, e suas visitas são restritas e com uma série de normas: não tocar no paciente, utilização de tocas e máscaras.

Para evitar ou diminuir a contaminação, a comissão faz um trabalho direto com os acompanhantes e visitantes. Assim que eles chegam ao hospital recebem uma cartilha com informações necessárias para evitar o contágio:

- Lavagem das mãos antes de entrar e depois de sair das enfermarias

- Evitar o toque nos corrimãos e interruptores do prédio

- Utilizar o avental e as luvas disponibilizadas pelo HR

- Evitar a circulação nas outras enfermarias

- Não sentar nas macas

- Evitar beijos e abraços nos pacientes

- Ajudar a manter o ambiente limpo

- Não lavar roupas dentro do hospital

- Sempre que tiver contato com secreções lavar as mãos com álcool

(Richard Xavier)

Fonte: http://www.hr.saude.pe.gov.br/hr-combate-infeccao-hospitalar/


VI Fórum Internacio...

Clique aqui para acessar o nosso site

Congresso Brasileiro...

  Confira as fotos: Link Fotos 1 Link Fotos 2 Link Fotos 3 Link Fotos ...

XI Congresso Brasile...

Tal encontro tem como objetivo oferecer uma visão ampla do ...